sexta-feira, 15 de junho de 2007

Ato pela Educação II

A manifestação dos estudantes, professores e funcionários das universidades públicas paulistas e dos professores da rede estadual de ensino, que ocorreu hoje, em São Paulo, decidiu por não ocupar o prédio da Secretaria de Ensino Superior (SESU).

Segundo estudantes da Unesp Bauru presentes na manifestação, ocorreu uma assembléia estudantil pela manhã, na reitoria ocupada, mas não houve deliberações polêmicas (como a ocupação da SESU). Outra plenária iria acontecer após o ato, novamente na reitoria, para delinear os rumos do movimento.

Porém, durante a manifestação, uma parte dos estudantes teve a idéia de ocupar o prédio da Secretaria. Após a reunião dos delegados dos diversos campi das universidades estaduais paulistas, foi decidida a não ocupação da SESU.

Novamente os estudantes mostraram a força que possuem. Reuniram cerca de 3 mil manifestantes para continuar a luta pela revogação dos decretos do governador Serra, que ferem a autonomia universitária. É por meio de manifestações que uma classe mostra à sociedade que algo de errado está acontecendo.

Amanhã, dia 16/06, ocorre o Encontro Nacional da Educação, na reitoria ocupada da USP.

Um comentário:

Gabriel Ruiz disse...

Decidiu-se por não ocupar a SESU, realmente seria uma loucura enfrentar policiais. Porém, após essa votação os estudantes lá presentes dividiram-se, houve briga no caminhão de som, fato que encerrou o ato.

Desejo força e boa movimentação e discusões amanhã na reitoria ocupada.