quarta-feira, 13 de junho de 2007

Coletivo Urbano - Ato Contra Decretos Serra



Vídeo produzido pelos alunos da Unesp de Bauru.

10 comentários:

Doélio disse...

Mto bom o vídeo, mandaram bem ;)

Turollo disse...

Muito bom. Mesmo. Cheio de sacadas inteligentes.

Glauco disse...

A todos os alunos, que postaram alguma mensagem neste blog:
trago em minha humilde história passagens de lutas contra os abusos da ditadura, durante a década de 70. Ao ler textos como o de Verônica, chego a ficar com os olhos mareados. Não há o que pague uma juventude universitária consciente e cheia de ânimo para lutar pelo ensino público e gratuito de qualidade.
Aos jovens burgueses, contrários às lutas e conquistas democráticas, deixo meu pesar, apesar de respeitar o direito que têm às suas opiniões. Apenas, não esqueçam, que até mesmo, o direito de expressar suas opiniões reacionárias, foi conseguido graças a muitos estudantes e professores, que nem presentes estão, massacrados que foram pela força opressora da ditadura.

Aos queridos "bons brigadores", fãs de Tom Zé, Chico, Caetano e outras cabeças geniais, meus sinceros parabéns e minha postura solidária.

J.Silva disse...

Acabei de saber de um amigo de Araraquara que estudantes da Unesp de lá ocuparam a diretoria do campus.

Gustavo disse...

Legal o vídeo mesmo.

Alguém sabe o nome da primeira música (é do rage neh?)?

Turollo disse...

Se Araraquara ocupou...

... Moção de Apoio a eles!

Larissa disse...

Para: Todos (favoráveis ou contra)
Este vídeo nos faz refletir!! Voltando há alguns anos atrás me lembro das aulas de história do pré-vestibular:
Os decretos que limitaram os direitos dos cidadões na época da ditadura. Não foi só a liberdade de expressão prejudica ou praticamente anulada, mas também a expansão da “cultura e consciência nacional”.
Quando limitavam a população, a saber, apenas os que eles queriam que soubessem, indiretamente, criaram uma geração de alienados que estão satisfeitos com qualquer migalha. ("Deve ser essa geração que nos da aula hoje, e governa o país").
Por favor, abram os olhos sobre a realidade da educação publica. Até agora só não foi decretada a ditadura, porque vivemos numa ditadura implícita ("Ou quase explicita, porque depois dos decretos já não sei mais o que pensar. E como proibiram os estudantes de continuar à “marcha” até o Palácio dos Bandeirantes??")
A educação e o conhecimento é nossa única arma, vamos divulgar a população a situação do M. E e das Universidades Publicas. (“Vejam bem a palavra certa é publica e não gratuita, porque os que as mantêm são os impostos que todos pagam, dos mais ricos aos mais pobres”).
E se a greve acabar agora, os estudantes realmente serão prejudicados, porque ai a falta de aula foi em vão.
Agora se nós nos unirmos, esses dias sem aula serão irrelevantes diante da grande conquista, não só para o presente mas também para o futuro. ("Se tudo caminhar como está caminhando quem garante que você vai conseguir fazer um mestrado? Ou quem garante que seu "diploma" têm o valor que você imagina??)

Lennon disse...

Bauru tem intenção de ocupar a diretoria?

Ouvi dizer que o reitor só negocia com campus que não invadiram a diretoria.

Bruno Espinoza disse...

Vídeo muito bom. Parábens!

Gabriel Pansardi Ruiz disse...

Velho, do caralho o vídeo.
Quem produziu? Gostaria muito de saber como se faz isso.

E obg tbm pelas infos. Vcs estão dando uma AULA.

saudações