terça-feira, 5 de junho de 2007

Duas perguntas sobre a greve - Célio José Losnak

Greve Não É Férias - Qual é o seu posicionamento com relação à greve atual?
Célio José Losnak - Eu sou a favor da greve, embora nos últimos anos tem aumentado a minha dúvida sobre a eficácia das greves, porque é um movimento político que tem se desgastado, principalmente na última década. Mas ainda tradicionalmente é um instrumento de luta clássico. É um meio que nós temos de expressar a nossa indignação, nossa discordância e oposição em relação a algumas estruturas, instituições e governantes.
GNEF - Você acha que o movimento de greve está forte o suficiente para que nenhuma categoria saia da greve caso suas reivindicações sejam atendidas em detrimento das demais?
CJL - O movimento não é por reivindicação salarial. É uma causa em que as pautas se aproximam mais facilmente. Tenho visto uma atuação dos alunos extremamente madura, dando exemplo aos professores de articulação, de preparação, de politização. Os alunos estão tendo uma experiência de mobilização, de combatividade que os professores não estão tendo. Não há objetivo de confronto, de competitividade. Eu vejo uma relação muito tranqüila, realmente de interação entre os segmentos.
Célio José Losnak é professor do Departamento de Ciências Humanas da Unesp de Bauru.

2 comentários:

saulorc1982 disse...

Nas ultimas décadas houve uma investida muito grande, contra as greves, que nunca foram vistas com bons olhos pela elite formadora de opinião. Com certeza, esse movimento antigreve, influenciou e conseguiu dividir a opinião dos trabalhadores e dos movimentos sociais que se utilizam desse instrumento como forma de reivindicação. Contudo, historicamente, não se conseguiu construir um instrumento tão eficaz quanto a greve. Tivemos inúmeras inovações com os Movimentos Sociais, porém a greve ainda se configura como um instrumento indispensável.

Tiago disse...

Sugestão - Provavelmente já pensaram nisso, mais que tal, entrevistar um servidor da proxima vez...
...parabéns pelo trabalho no blog

Tiago Rovai do DACEL