quinta-feira, 14 de junho de 2007

Teatro Mágico na Unesp II


O grupo O Teatro Mágico esteve, na tarde desta quinta-feira, no evento "Quinta no Bosque" do campus da Unesp de Bauru, em apoio à greve dos estudantes. Três dos integrantes do grupo (Fernando Anitelli, Galdino e Willians) realizaram uma apresentação em formato acústico (violão, pandeiro e zabumba) para cerca de 100 pessoas. Além de tocar músicas consagradas de seu repertório, como Pratododia, Zaluzejo e Camarada d'água, a banda manifestou apoio à causa dos estudantes durante a apresentação.

"Além da greve, da ocupação, a gente apóia a postura dos jovens de serem engajados, politizados de participarem das coisas que realmente interessam para a população e para a sociedade. Os jovens que estudam em universidades públicas têm uma responsabilidade social maior do que a maioria da população. A gente apóia essa moçada que está engajada", comentou Galdino.

A apresentação se extendeu por aproximandamente uma hora e teve caráter interativo, já que os músicos realizaram a performance sem nenhuma amplificação e dialogaram bastante com o público. A trupe não cobrou nada pela sua apresentação.

Em breve, mais fotos, vídeos e a entrevista exclusiva que os músicos do Teatro Mágico concederam ao blog Greve Não É Férias.

2 comentários:

Gustavo disse...

É uma pena que não pude ir :-(
Parabéns!

euodeioafaac disse...

ahahahaha...voces nao sabem da maior, fiquei sabendo que os participantes desse grupo ridiculo que se julga socialista exigiu no camarim: BOHEMIA, COCA-COLA, TODYNHO, PETISCOS!!!!!

AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAH ISSO PORQUE ELE É SOCIALISTA SO FALTO PEDIR UM NIKE SHOX AHAHAHAHAHAHAH

FAAC EU ODEIO VOCES, SUMAM MORRAM PORCOS BADERNEIROS IMUNDOS.....PEDEM PRA CONTRUIR UM CAMPUS PRA VOCES EM OUTRO LUGAR........PORCOS FEDIDOS